Eu avisei… o papel do Barbacenaonline na defesa desta fazenda histórica

Colorindo o passado - Waldir Damasceno Desenho e pintura a partir de foto Fazenda do Registro Velho - 1990 Técnica: Aquarela  s/papel 2010 – Barbacena - MG. Extraído do Barbacenaonline

Colorindo o passado - Waldir Damasceno - Desenho e pintura a partir de foto Fazenda do Registro Velho - 1990 - Técnica: Aquarela s/papel 2010 – Barbacena - MG. Extraído do Barbacenaonline

Com o título de “Fazenda histórica pede socorro”, em 31/03/2005 o articulista Augusto Martins do Barbacenaonline publicou naquele site uma matéria avisando que a estrutura da casa já estava abalada. O artigo não está mais disponível para busca nos arquivos do Barbacenaonline, mas temos um xerox de uma cópia impressa, a qual digitalizei e pode aqui ser visualizada.

Para quem não conhece, o Barbacenaonline é o principal veículo de comunicação online de Barbacena, tendo sido fundado em 01/09/2001, quando a internet ainda não era tão difundida. Naquela época ninguém esperava (talvez o sucesso pode até ter surpreendido seus fundadores) que um site de layout simples ganharia a dimensão que tem hoje.

Mas como foi destacado naquela reportagem, nos idos de 2005, a estrutura da casa estava abalada e o Ministério Público de Barbacena havia ajuizado uma ação contra a MRS Logística, sobre a qual já comentamos aqui.

Há cinco anos através os problemas ainda eram pequenos, o telhado necessitava de reforma e algumas rachacuras precisavam ser contidas, conforme poderão ver nas fotos abaixo que foram tiradas na mesma época e extraídas do processo movido pelo Ministério Público. Se algo tivesse sido feito desde aquele primeiro grito de socorro anunciado pelo Barbacenaonline, a situação atual teria sido evitada.

O teto da cozinha estava escorado, hoje o cômodo nem existe mais.

O teto da cozinha estava escorado, hoje o cômodo nem existe mais.

Rachaduras na parede e infiltrações levaram a fazenda à ruína.

Rachaduras na parede e infiltrações levaram a fazenda à ruína.

De lá para cá nada foi feito, portanto, nada foi divulgado.

Mas neste ano de 2010 foi organizado o “Primeiro Encontro de Pesquisadores de História e Geografia da Estrada Real” e o Edson Brandão me pediu para usar no material de divulgação uma foto que eu havia tirado recentemente da fazenda e divulgado para os amigos no facebook.

Numa publicação a respeito do encontro que saiu na edição do dia 17/09/2010 no Barbacena On Line, a foto desviou a atenção dos leitores a respeito do conteúdo da matéria, os quais ficaram estarrecidos com a situação da fazenda e fizeram vários comentários (vejam aqui).

Pouco tempo depois ajuizamos uma ação na Comarca de Barbacena e criamos este blog, para que toda sociedade pudesse acompanhar a luta pela preservação deste importante patrimônio.

Mas após termos anunciado que o proprietário havia autorizado a doação para o Município de Barbacena no facebook, Ricardo Salim supreendeu-se e num primeiro momento mal parece ter acreditado. Algo inédito estava ocorrendo, o proprietário de um bem particular estava disposto a transformá-lo num bem público. Logo  que Ricardo Salim tomou conhecimento deste fato, se interessou em cobrir o caso. É de se registrar que Ricardo Salim sempre colocou seu veículo de comunicação à disposição do autor deste blog e diversos outros amigos para a divulgação das mais diversas matérias de interesse público.

Na edição do dia 16/11/2010 saiu uma notícia a respeito da doação, a qual gerou os mais diversos comentários (vejam aqui).

Em seguida, na edição do dia 19/11/2010, saiu outra notícia anunciando que a Prefeita de Barbacena adotaria as medidas emergenciais (vejam aqui).

E algo que para nós foi apenas um passatempo de final de semana, retirar os entulhos e adentrar no interior do imóvel, ganhou destaque na edição do dia 22/11/2010 (vejam aqui).

Com isto, o Barbacenaonline tornou-se um importante parceiro na divulgação desta causa.

Mas não foi aí que o Barbacenaonline parou, na edição de ontem (28/11/2010) saiu um artigo de Newton Siqueira de Araújo Lima com alguns comentários históricos e elogiando a atitude da prefeita (vejam aqui). Aquele articulista já havia citado a Fazenda do Registro Velho em seu poema Ode a Barbacena (vejam aqui) e em outros artigos, tais como, “A liberdade mora em Barbacena”, dentre outros dois (artigo 1 / artigo 2).

Deixamos aqui registrado nossos mais sinceros cumprimentos ao Ricardo Salim, fundador do Barbacenaonline, por este site ter se tornado o principal veículo de comunicação on line de nossa cidade. Contamos com o seu apoio na divulgação não só de outros fatos relacionados com esta causa, mas também de muitas outras que ainda virão. Valeu Salim!

Anúncios
Published in: on 29 de novembro de 2010 at 9:10 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://fazendadoregistrovelho.wordpress.com/2010/11/29/eu-avisei-o-papel-do-barbacenaonline-na-defesa-desta-fazenda-histrica/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: